Início » RFID » Acuracidade de estoque: Entenda o que é e como obter

Acuracidade de estoque: Entenda o que é e como obter

Acuracidade. Você acha mais difícil pronunciar a palavra ou alcançar isso no seu estoque? Vai treinando em voz alta, então, porque a segunda opção, que significa um estoque com total precisão entre o que o sistema diz e o que se encontra fisicamente, isso a I3C Soluções te garante! Quer ver como?

Pode parecer simples, mas obter a acuracidade de estoque próximo a 100% é um grande desafio nas organizações. Isso porque nem todos podem contar com sistemas, processos e pessoas confiáveis, ágeis e a prova de fraudes. 

Mas vamos lá, você sabe como calcular a acuracidade de estoque? 

Entendendo o Cálculo da Acuracidade de Estoque

Na tabela a seguir apresentamos duas formas de calcular: Acuracidade Quantitativa e Qualitativa. Vamos falar delas resumidamente:

Acuracidade Quantitativa: Consideramos o resultado da média da acurácia de cada item. 

Fórmula Acuracidade de Estoque
Fórmula da Acuracidade de Estoque Quantitativa

Acuracidade Qualitativa: Refere-se à diferença entre sku que estão 100% corretos e o total dos itens. 

 Cálculo de  Acuracidade de Estoque
Fórmula da Acuracidade de Estoque Qualitativa

E nas tabelas abaixo, temos um exemplo hipotético do cálculo quantitativo e qualitativo.

Exemplo de Cálculo de  Acuracidade de Estoque
Exemplo de Cálculo de Acuracidade de Estoque

Motivos de Divergências no Estoque

Quando chegamos ao final do inventário e percebemos as diferenças de itens, podemos sentir Satisfação ou Indignação. E é mais comum ser o segundo deles. 

Mesmo tendo procedimento para todos os processos do estoque, mesmo tendo código de barras e um sistema para controlar e gerenciar, mesmo fazendo o melhor dos esforços, o resultado não é 100%.

O fato é que, quando depende de mão de obra humana para realizar esses processos, está sujeito a erros. Os motivos podem ser vários:

  • Retirada de material do estoque sem autorização ou informalidade das saídas;
  • Depósitos sem segurança;
  • Pessoal não treinado na ferramenta de registros (software);
  • Registros de transações indevidas ou transações mal definidas;
  • Falha de capacidade em realizar auditorias preventivas.

E certamente, no dia a dia conhecemos diversos outros erros no processo que justificam essa falha. Fato é que nem sempre descobrir tudo isso é rápido e fácil, e muitas vezes o tempo para descobrir e ajustar o processo é muito maior que apenas ajustar aquele número no relatório. E torna o processo demorado e inviável. Como resolver tudo isso? Agindo na causa.

Solução para Baixa Acuracidade

Se a causa de tudo isso é o fato de não termos controle efetivo e estar sujeito a erros humanos, a solução está em uma sigla (bem mais fácil de se dizer): RFID. São etiquetas inteligentes que garantem a automação do fluxo de informações, dispensando interação humana. Essas etiquetas, que podem ser quase microscópicas e implantadas numa gama enorme de produtos, funcionam como o RG da peça e seguem registrando – e comunicando em tempo real, cada passo ao longo de todo processo de produção e/ou expedição, além de outros benefícios para o estoque

“Quando o produto com a etiqueta passa pelo portal não tem como não saber que saiu daquela unidade de movimentação”, explica a engenheira de produção Roseméri Rosa, especialista da I3C.

RFID é muito melhor do que código de barras

Se você tem código de barras ou o QRCode, sabe que só eles não resolvem.  Essas opções exigem o bipe, com ação humana e muito tempo dispendido para completar a leitura de um conjunto de unidades. O RFID, por sua vez, dispensa o conferente, o tempo de conferência e os erros decorrentes desse processo manual. Em muitos casos, é só passar no portal (que mais parece um portal mágico, vai dizer?).  

Inventário não garante acuracidade de estoque

Pesquisas apontam que 90% dos gestores de estoque já tiveram pesadelo com inventário e os outros 10% ainda vão ter. Em qual parte da estatística você se encaixa? Brincadeira à parte, a gente sabe como ninguém o quanto realizar a verificação de estoque é um ponto crítico para indústrias, empresas e comércios. “O esforço e o custo para alcançar acuracidade sem RFID são enormes e, pior, por vezes ineficazes. É preciso uma equipe só para essa função, fazer contagem constante, em um processo moroso e sujeito a falhas humanas, que ainda bloqueia o faturamento”, analisa Roseméri. “A gente resolve tudo isso com o RFID”, garante. 

Atenção: sensação de “boa acuracidade” esconde grandes prejuízos

Você acha que não precisa investir agora para melhorar a sua acuracidade de estoque? Pois fique alerta: não dá pra se conformar com um resultado que aponta baixa diferença entre aquilo que sobra e aquilo que falta. 

“Esse resultado não pode ser considerado satisfatório porque gera transtornos em outras operações. Mesmo que o balanço não aponte grandes diferenças, descobrir na prática que está faltando uma matéria-prima específica prejudica a linha de produção, descobrir que está faltando um produto específico fará você atender mal seu cliente final. A ilusão de baixa diferença no estoque pode acarretar em linha de produção parada, pedidos refeitos, caminhão parado na doca, atrasos na entrega”, alerta Roseméri. 

Ou seja, acuracidade de estoque não é sobre quantidade. É sobre controle total de cada item que você dispõe. Ok?

E ainda te damos mais 10 motivos para considerar o RFID para sua indústria, confira aqui.

Informação precisa e em tempo real traz acuracidade para estoques de alto fluxo

Você também é do tipo que adora desafios? Imagina só alcançar controle total sobre um estoque com alto fluxo de entrada e saída… Pois é disso que estamos falando! E já temos casos concretos para compartilhar. 

O RFID consegue vencer qualquer falta de eficácia. Com as etiquetas inteligentes, não tem essa de ficar fazendo inventário todo dia e, ainda assim, todo dia encontrar diferença. Também não tem essa de ficar tomando decisões baseado no estoque do dia anterior!

O sistema RFID oferece informação em tempo real, emitindo alertas visuais e sonoros no exato momento em que houve desvio no processo de produção. Sonho? Não, realidade! “Um dos nossos clientes produz eletrodomésticos. Nos acionou porque descobriu a falta do fogão na hora de carregar para entrega, mesmo a peça tendo identificação com código de barras, pois não foi apontado o desvio no sistema. Com o sistema RFID que implantamos, o cliente passou a ter rastreabilidade total de cada unidade, agora sabe por onde passou, que horas entrou, que horas saiu, sem chance de falha humana. Está super satisfeito com os ganhos de produtividade e de marca”, destaca Roseméri.

Acuracidade de estoque é conquista dos que entram na Indústria 4.0

Em média, o retorno do investimento se alcança em um ou dois anos. Sem contar que você dá um passo fundamental para manter seu negócio vivo e atualizado na era da Indústria 4.0. Transformação digital é isso: gera autonomia e conversa com outros sistemas de forma automática, oferecendo informações integradas e possibilitando ao gestor criar regras de negócio para extrair valor do seu processo produtivo. Vamos juntos? Clica aqui e a gente começa a conversar agora mesmo! 

Fonte da imagem: www.benner.com.br

Pesquisar por...

Últimas publicações

Compartilhe

Somos integradores de soluções em tecnologia e processos focado em viabilizar transformação digital à sua empresa. Oferecemos soluções com foco real na necessidade dos nossos clientes, com entrega de ponta a ponta aliando redução de custos e aumento da produtividade.

Leia também

Menu
Fale conosco!
Oi, tá com alguma dúvida específica do seu negócio? Se quiser conversar com a gente estamos por aqui, sem compromisso :)
ComercialWhatsApp