Início » Indústria 4.0 » Redução de custos na Indústria

Redução de custos na Indústria

Redução de custos na indústria

Vamos começar dizendo que Indústria não significa apenas o chão de fábrica. Sim, a redução de custos na Indústria vai além do custo direto da produção e matéria prima. O desperdício pode estar em diversos setores e processos dentro da empresa, e vamos ver aqui 5 desperdícios/ possibilidades de reduzir custos da indústria no geral.

A Redução de custos na Indústria está diretamente relacionada a uma boa gestão. Certamente, há melhorias possíveis na sua empresa que ainda não foi dada a devida atenção, por “N” motivos.

As formas ou ferramentas para identificar como reduzir custos na sua empresa são diversas, mas se não usadas com direcionamento e olhar estratégico, serão apenas mais um custo. 

E vamos partir da “filosofia” do Benjamin Franklin

“Tenha cuidado com pequenos custos. Uma pequena fenda afunda grandes barcos” 

Redução de Custos na Indústria: Frase de Benjamin Franklin

5 diferentes formas de reduzir custos na Indústria

Como mencionei acima, a gestão de custos nesse post ampliará os horizontes, e seguiremos com possibilidades das diversas áreas da indústria.

Em resumo, vamos avaliar a possibilidade de redução de custos na Indústria com:

  1. Economia de energia
  2. Manutenção das máquinas
  3. Ociosidade dos colaboradores
  4. Desperdício de tempo no processo de logística
  5. Padronização de processos 

Economia de energia elétrica

Um dos fatores que pode ser explorado é a redução de custos com energia elétrica dentro das indústrias. Esse custo, nem sempre recebe a devida atenção mas pode gerar boas economias quando pensado estrategicamente. 

Uma das opções é avaliar a possibilidade de incluir placas solares. As empresas que fornecem esses materiais e fazem a instalação das placas solares conseguem estimar qual a sua economia e em quanto tempo você tem o retorno. 

Mas nem sempre as indústrias têm essa possibilidade. E embora fazer uma negociação com a provedora de energia elétrica seja essencial, você ainda pode contar com a opção de controlar o seu consumo

Já falamos aqui no blog como a Kellogg economizou U$$ 3,3 milhões por ano em energia elétrica. E essa é a nossa sugestão aqui. Utilize dispositivos IoT para monitorar o consumo e identificar possíveis desperdícios. 

Se na sua empresa possui refrigeradores ou câmara fria, a falha na eficiência de um desses equipamentos pode onerar sua fatura no final do mês. Principalmente quando não é identificado rapidamente. E nessa situação ainda pode ter um segundo desperdício que é o caso de perda de matéria prima que estragou pela falta da baixa temperatura, por exemplo. 

Manutenção das máquinas

Você deve considerar fortemente, a manutenção preditiva nas máquinas, no seu plano de redução de custos. Qual a diferença de manutenção preditiva e preventiva?

Manutenção preventiva: é aquela que você previne problemas futuros. 

Manutenção preditiva: é quando você sabe que terá problema devido ao histórico do processo. Esse “saber” pode ser pelo feeling do operador da máquina, que pode perceber alterações na usabilidade. Ou ainda, pode ser pelo sistema da própria máquina que sinaliza esses erros.

O desafio é: dificilmente esses relatórios da máquina são vistos sem ter apresentado problema, que em muitos casos é a inoperabilidade da máquina. 

Aqui novamente, com a tecnologia IoT, é possível ter informações sobre as alterações da máquina em tempo real, diretamente na tela do computador ou celular do gestor. 

Assim economiza na manutenção dos equipamentos, já que sendo avisado com antecedência pode evitar a perda do item específico, que venha a apresentar problema. Economiza também com a mão de obra parada, no caso de inoperatividade. Isso sem contar o tempo de espera com material de reposição, com o custo adicional por chamado de emergência entre outros.

Ociosidade

Quanto se trata de trabalho, a ociosidade se refere ao tempo em que os colaboradores não estão desempenhando nenhuma atividade em favor da organização.

Vamos pegar o gancho de IoT na máquina e, já resolver mais uma questão aqui. Tendo a correta gestão das máquinas, é possível identificar como está a produção e o uso delas. Com isso é possível identificar se ela está operando tempo suficiente ou pouco tempo. 

O tempo de ociosidade da máquina, pode ser também o tempo ocioso do operador da máquina. Ou seja, impacta nos custos de produção. 

Resolver o desafio de ociosidade pode não ser tão simples quanto instalar uma ferramenta com tecnologia, avaliar os resultados e tomar as decisões. Muitas das vezes esse tempo sem serviço é devido ao colaborador não estar engajado. E nessas situações, o ideal é atuar para motivar sua equipe.

Desperdício de tempo no processo de logística

Dentro do conceito de produção enxuta, a logística é considerada um conjunto de operações que devem ser reduzidas ao máximo dentro das organizações.

Pode parecer algo impossível para muitas empresas e gestores, mas é uma possibilidade sim. E há uma luz ao fim do túnel e tem muito o que se fazer, poderíamos pensar em um post só para isso. Mas vamos encurtar a conversa aqui.

Sugerimos fazer um levantamento de todo o processo logístico, e setar qual o tempo para cada atividade. “Vá ao Gemba!” (palavra de origem japonesa que significa o “verdadeiro lugar”). E eu sei que normalmente usam para o chão de fábrica, mas se encaixa bem aqui.

Só com esse simples (nem tanto) levantamento já é possível identificar onde há gargalos. E atuar para corrigir. Algumas sugestões:

  • Cronometre o tempo utilizado para cada procedimento requerido ao operador de logística
  • Anote sobre os deslocamentos
  • Identifique problemas no processo
  • Converse com o requisitante sobre o tempo de espera
  • Veja qual o processo usado para encontrar os materiais

Quanto mais detalhes tiver mais poderá corrigir e melhorar a produtividade. Considere na solução: Mudanças de layout, gestão do pessoal, sistema ERP e a forma de identificação dos materiais.

Deixa eu te contar: normalmente os custos com esses desperdícios são tão altos que implantar RFID se torna barato e a decisão mais viável, veja o exemplo da Oxford que teve o ROI em 12 meses apenas com logística reversa.

Padronização de processos 

Se as empresas (ou melhor, os colaboradores) soubessem o poder que tem padronizar um processo, certamente se empenhariam em fazê-lo. Visto que a padronização é certamente, uma excelente ferramenta para aumentar a produtividade e reduzir os desperdícios da empresa.

Quando temos um procedimento padrão sendo seguido, a operacionalização do processo é viabilizado. Além de obter-se a vantagem de fazer uma entrega sempre alinhada às expectativas, uma entrega sistemática.

Sem contar que elimina desperdícios de tempo, fazendo de novas ou outras formas, que podem não ter o mesmo resultado. Ou seja, gera de fato a redução de custos na indústria que tanto queremos.

Agora, engana-se quem pensa que a padronização dos processos deve ocorrer apenas no chão de fábrica. Veja ainda mais resultados quando fizer a padronização de ponta a ponta. Envolvendo todos os setores, inclusive administrativo e vendas. Já pensou nisso?

Concluindo

Falamos sobre 5 possibilidades de reduzir custos na indústria. E essas possibilidades não são apenas pensando nos custos diretos de produção e matéria prima. 

Você tem olhado como reduzir custos nessas áreas da sua empresa?

Quer saber mais sobre a relação de redução de custos e as tecnologias disponíveis? 

Leia esse post com 3 tecnologias e 9 diferentes idéias do uso delas na indústria de alimentos.

5 diferentes formas de reduzir custos na Indústria

  1. Energia Elétrica

    Monitore seu consumo com dispositivos IoT e atue para diminuir custos desnecessários.

  2. Manutenção das Máquinas

    Atue de forma preditiva e elimine custos com emergências, confie na tecnologia para auxiliar nas manutenções.

  3. Ociosidade

    Controle a ociosidade das máquinas e mão de obra, identifique o motivo de haver tempo ócio, reduza seus custos e ainda aumente sua produtividade.

  4. Desperdício de Tempo no processo Logístico

    Faça um levantamento de tempo para cada atividade que o operador leva, registre os tempos e o caminho que ele percorre. Certamente identificará boas melhorias nesse processo.

  5. Padronização de Processos

    Faça a padronização de ponta a ponta na sua empresa, e verá que todos os setores (até o ADM)vão apresentar melhorias.

Pesquisar por...

Últimas publicações

Compartilhe

Somos uma agência de consultoria e serviços personalizados na área de tecnologia da informação. Nossa vocação é diminuir custos operacionais, perdas e danos, índices de acidentes, passivo ou, ainda, melhorar os processos internos dos nossos clientes.

Leia também

Menu
Fale conosco!
Oi, tá com alguma dúvida específica do seu negócio? Se quiser conversar com a gente estamos por aqui, sem compromisso :)
ComercialWhatsApp